Dezessete prefeitos da região se reúnem em Itaberaba para formação de Consórcio de Saúde


O prefeito do município de Itaberaba, na Chapada Diamantina, Ricardo Mascarenhas (PSB), recebeu nesta sexta-feira (22) prefeitos de várias cidades da região para discutir a formação do Consórcio Municipal de Saúde que vai viabilizar a implantação de uma Policlínica Regional. Conforme informações, a unidade deve ser construída em Itaberaba. O encontro aconteceu no auditório do Bela Vista Web Hotel, centro da cidade chapadeira e contou com a presença de Nelson Portela, ex-prefeito do município de Maracás, hoje representante da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) como coordenador dos Consórcios Municipais de Saúde. Com a presença de 17 representantes de municípios que integram dois Territórios de Identidade da Bahia: Piemonte do Paraguaçu, no qual Itaberaba está inserida e Chapada Diamantina, que abriga o outro maior município da região que é Seabra.
A abertura do evento foi feita pelo próprio anfitrião. Ricardo Mascarenhas lançou mão de sua credibilidade política e administrativa junto aos gestores dos municípios vizinhos nesses quase três anos de mandato, e abraçou a causa na busca pela implantação de mais esse equipamento de saúde em Itaberaba. “O senso de coletividade é algo primordial na gestão pública, ninguém avança em nada sozinho. Fico muito feliz por meus colegas prefeitos entenderem o quanto vai ser positivo para os municípios formar o consórcio, o quanto avançaremos em saúde e economizaremos em custeio. A expectativa é boa, e Itaberaba está de portas abertas para receber a policlínica, se assim o colegiado decidir”, frisa Mascarenhas.
Itaberaba converge com os municípios de seu entorno. O depoimento de alguns dos prefeitos presentes e a confiança que cada um deposita na formação desse consórcio, somados à busca pela Lei Municipal Autorizativa para a formação dos consórcios (para os que não têm) será publicado em notas no decorrer da semana no site do Jornal da Chapada. Durante o evento, Nelson Portela, que representou o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, e o governador Rui Costa (PT), detalhou sobre a formação dos Consórcios Municipais de Saúde, e discorreu sobre a estruturas das policlínicas e seu funcionamento. Ele também dirimiu dúvidas dos prefeitos participantes. Para quem não sabe, os investimentos em policlínicas fazem parte da regionalização da saúde, uma meta do governo baiano.
As estruturas físicas e equipamentos das policlínicas são investimentos do governo estadual e são mantidas por meio do Consórcio Público Interfederativo de Saúde formado pelos municípios. Nessa estrutura são ofertados serviços de média e alta complexidade (como ressonância magnética, tomografia computadorizada, ultrassonografia, ecocardiografia, eletroencefalograma, endoscopia, colonoscopia, mamografia, entre outros) por profissionais capacitados e equipamentos de última geração, para os municípios associados, viabilizando para os prefeitos uma oferta de serviços de qualidade com transporte próprio e a preços módicos.
Jornal da Chapada

Posted by Redação Online on 11:35:00. Filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0

MAIS VISTAS

2018 Jornal Itaberaba. Whatsapp (75) 9 9163-7609. - by Agencia Itaberaba .