Procon orienta que consumidor denuncie preço de gasolina abusivo


Consumidores que perceberem a prática abusiva no aumento do preço da gasolina em Salvador devem denunciar a situação ao Procon. Para isso, deve procurar o órgão, informar o nome do posto e o valor que o produto está sendo vendido.  A orientação é do superintendente do Procon na Bahia, Filipe Vieira.
"Esses postos que têm aumentado abusivamente os preços serão monitorados. Para isso a gente pede aos consumidores que prestem a sua denúncia. É preciso verificar o preço, a forma da verificação do preço e o número que é gerado na bomba. Porque às vezes há divergência. Se o preço tiver muito fora da realidade pode ser um indicativo de fraude", explica.
Com a possibilidade de faltar o combustível na cidade, por conta do desabastecimento provocado pelo protesto de caminhoneiros, houve uma corrida aos postos de gasolina nesta quinta-feira (24) em busca do combustível e o aumento da procura levou alguns postos a venderem o produto por até mais de R$ 5. 
Na Região Metropolitana de Salvador, segundo estimativa do presidente do Sindicato do Comércio de Combustíveis, Energias Alternativas e Lojas de Conveniências do Estado (Sindicombustíveis), Walter Tannus, pelo menos 20% dos 250 postos já estão com problema de abastecimento. No interior do estado a situação é ainda pior: pelo menos 50% dos cerca de 2 mil postos estão sem gasolina e álcool. 
"Nós tivemos um agravamento muito grande de ontem para hoje porque as distribuidoras não conseguiram mais atender aos pedidos integrais dos postos e isso está fazendo com que falte gasolina e álcool nas bombas. A população está correndo para abastecer o que favorece com que o combustível acabe ainda mais rápido", explica Tannus. 

Posted by Redação Online on 15:31:00. Filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0

MAIS VISTAS

2018 Jornal Itaberaba. Whatsapp (75) 9 9163-7609. - by Agencia Itaberaba .