Ministério do Trabalho descarta nova medida provisória para reforma trabalhista



O Ministério do Trabalho descarta a publicação de uma nova medida provisória para regulamentar a reforma trabalhista em substituição à norma que perdeu a validade na segunda-feira (23). De acordo com a revista Veja, o ministro do Trabalho, Helton Yomura, teria dito que um decreto pode se configurar em alternativa viável juridicamente.

Publicada em novembro de 2017 para regulamentar pontos polêmicos da reforma, a MP 808 explicitava que a nova legislação se aplicava a todos os contratos vigentes.
A questão é que a MP perdeu a validade na segunda-feira (23) e criou uma série de questionamentos sobre a aplicação da reforma trabalhista. O principal deles é justamente se os contratos de trabalho firmados antes da reforma são regidos ou não pela nova lei.
O relator da reforma trabalhista na Câmara, deputado Rogério Marinho (PSDB-RN), defende que a nova legislação vigore “em sua plenitude” a partir de agora sem a MP e que a sociedade espere “um ou dois anos” para avaliar se é necessário ajustar alguns pontos

Posted by Redação Online on 06:50:00. Filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0

MAIS VISTAS

2018 Jornal Itaberaba. Whatsapp (75) 9 9163-7609. - by Agencia Itaberaba .