Published On:
Posted by Redação Online

Guia da Série D: Confira os caminhos de Jacuipense, Flu de Feira e Vitória da Conquista

Guia da Série D: Confira os caminhos de Jacuipense, Flu de Feira e Vitória da Conquista


A partir deste domingo (22), Jacuipense, Fluminense de Feira e Vitória da Conquista iniciam a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro. Os três clubes sonham em repetir o sucesso da Juazeirense no ano passado que garantiu o acesso à Série C.

Pelo regulamento da competição deste ano, os líderes de cada um dos 17 grupos, mais os 15 melhores segundos colocados, avançam para a próxima fase. Daí em diante, os confrontos acontecem no sistema de mata-mata e os quatro semifinalistas da competição conquistam as vagas na Série C do ano que vem.

Grupo A7 (Jacuipense, ASA-AL, Central-PE e Sergipe-SE)
Time base do Jacuipense: Jordan; Paulinho, Matheus, Lídio e Vicente; Uelliton, Daniel Alves e Eudair; Thiaguinho, Edson e Birungueta.

O Jacuipense está de volta à Série D do Campeonato Brasileiro. A última participação do time foi em 2014. Naquele ano, o clube fez boa campanha, sendo eliminado nas oitavas de final, após superar a fase de grupos e o hexagonal da segunda fase, ambas no sistema de pontos corridos.

Para a edição deste ano do campeonato, o Jacuipense manteve a base do time que disputou o Campeonato Baiano, inclusive o volante Uelliton, revelado pelo Vitória e com passagem por times como Cruzeiro e Bahia. Apenas Danilo Rios e Brasão foram liberados. O início ruim no estadual resultou numa campanha mediana, sem conseguir entrar no G-4. Nos quatro primeiros jogos, o Leão do Sisal perdeu três e empatou um. O time terminou o campeonato na sexta colocação com 10 pontos, acumulando três vitórias, um empate e cinco derrotas.

"A gente demorou para se encontrar. Mas da metade para o final, a gente encaixou. Na avaliação do todo, fizemos até uma campanha boa, porque conseguimos a vaga para a Série D do ano que vem", avaliou o técnico Jonílson Veloso, que foi mantido no cargo após o estadual, em entrevista ao Bahia Notícias.

Sobre o grupo, o comandante espera por dificuldades, já que os adversários vêm de boas campanhas nos estaduais. O Sergipe foi campeão estadual, porém perdeu o técnico Elias Borges, na última terça-feira (17), que deixou o clube após receber proposta de outra equipe. O coordenador técnico Edmilson Silva assumiu o cargo na última quarta (18). Adversário do Leão do Sisal na estreia, o Central, recordista de participações na Série D, foi vice-campeão pernambucano. O time manteve Mauro Fernandes à frente da equipe após o estadual. O ASA ficou na terceira colocação do Alagoano e no início deste mês de abril contratou o técnico Carlos Rabello, que subiu com a Juazeirense no ano passado, para dirigir a equipe.

"É uma chave muito difícil, mas sabemos que no futebol não tem isso. Estamos fazendo uma preparação em cima das dificuldades do grupo. Mantivemos a base que disputou o Campeonato Baiano e por isso acreditamos que faremos uma boa campanha na Série D", disse o comandante do Leão do Sisal.

Posted by Redação Online 08:57:00. . .

Redação Online 08:57:00. . .