Published On:
Posted by Redação Online

Incêndios florestais deixam mais de 30 mortos em Portugal

Focos de incêndios foram registrados nas regiões central e norte de Portugal e na Espanha.




Os incêndios florestais que atingem região central e o norte de Portugal deixaram 31 mortos e 51 feridos entre domingo (15) e esta segunda-feira (16), informou a Defesa Civil, segundo o jornal português "Público". Ao menos 15 feridos estão em estado grave.
O jornal ressalta que o número de vítimas ainda é provisório porque as equipes dos bombeiros ainda não conseguiram ter acesso a todas as localidades atingidas pelo fogo. As mortes foram registradas em Guarda, Coimbra, Castelo Branco e Viseu.
O governo português declarou um estado de emergência pública em todas as regiões do norte do rio Tejo, um território com metade do tamanho do continente português, segundo a Reuters. No domingo foi registrado o recorde de 443 focos de incêndio no país, segundo a agência Efe.
Os incêndios voltam a atingir o centro de Portugal, onde em junho mais de 60 pessoas morreram e mais de 50 ficaram feridas. Em Pedrógão Grande, na região de Leiria, mais da metade das vítimas morreu carbonizada dentro de seus carros na estrada entre Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pêra.
As chamas se espalharam devido aos fortes ventos à medida que resquícios da tempestade Ofélia atingiram a Península Ibérica, de acordo com a Reuters.

G1

Posted by Redação Online 06:37:00. . .

Redação Online 06:37:00. . .