Published On:
Posted by Redação Online

Vitória estreia na Copa do Brasil

Leão vai até Boa Vista encarar o Náutico-RR e se vencer por dois ou mais gols de diferença elimina o jogo da volta



Driblar o cansaço, escutar os conselhos do professor, estudar, trocar ideia com os colegas e encarar uma prova. A descrição é bem parecida com a rotina de um estudante, mas é exatamente o que o elenco do Vitória precisou fazer para o jogo da estreia na Copa do Brasil, nesta quarta (13), às 21h30, contra o Náutico-RR. 
O adversário é desconhecido para o elenco rubro-negro. O estádio, então, nem se fala. Com a missão de entrar no time titular, Arthur Maia já prevê dificuldades. “Já tivemos  uma viagem muito longa, para um lugar que normalmente não tem jogo. É um campo desconhecido e um time desconhecido, que ainda não temos muitas informações”, explica ele, que enfrentou 10 horas de viagem para chegar a Boa Vista.
O meia admite ainda que ficou surpreso ao saber um pouco mais sobre a estrutura do palco do jogo, a Vila Olímpica Roberto Marinho. “Ficamos sabendo que não tem nem vestiário, que é tudo no campo mesmo. Claro que não é o que a gente quer, mas faz parte do futebol. Tem que encarar, porque estamos pensando grande nessa Copa do Brasil e temos que começar vencendo”, completa.
Para eliminar o jogo de volta e carimbar vaga na segunda fase da competição, o Vitória precisa vencer por pelo menos dois gols de diferença. Caso não consiga, as equipes voltam a se enfrentar no dia 27 de abril, no Barradão.
Além da preocupação de estudar o adversário e repassar o conteúdo para os seus alunos, o “professor” Vagner Mancini ainda precisa lidar com importantes ausências no time. As principais são o atacante Kieza, que cumpre uma suspensão de quando ainda atuava pelo Bahia e será substituído por Robert, e do zagueiro Ramon, com um hematoma no olho. Leandro Domingues, poupado, também está fora. 
Vetados pelo departamento médico, o meia-atacante Alípio e os zagueiros Guilherme Mattis e Josué nem viajaram. Os desfalques obrigaram o treinador a convocar Victor Ramos, que também seria poupado, de última hora, para formar dupla de zaga no time titular ao lado de Vinícius.
Por conta disso, o time ainda não está definido. “Vou conversar com os médicos porque têm atletas se queixando de dor. A escalação só sairá momentos antes da partida”, conta Mancini. Marinho e Vander são os jogadores citados pelo treinador. 
Um dos confirmados é o goleiro Fernando Miguel que, apesar de desejar eliminar o jogo de volta, garante que isso não é prioridade. “Toda estreia é complicada, ainda mais na Copa do Brasil. Se conseguirmos eliminar o jogo de volta, ótimo, mas o objetivo é conquistar uma vantagem”, comenta o camisa 1 do Leão.
Caso Victor Ramos 
O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) não acatou a solicitação do Flamengo de Guanambi de suspender o jogo Juazeirense 2x3 Vitória, pela semifinal do Campeonato Baiano. Em nota, o órgão afirma que “não há previsão no Código Brasileiro de Justiça Desportiva  julgamento originário por este STJD de infrações ocorridas nas competições regionais”. Por conta disso, o processo foi arquivado.  
No documento, o presidente do STJD, Caio César Rocha, informa ainda que a Procuradoria do órgão foi acionada “para que analise se há indício de infração, cuja análise seria da competência desse STJD para e, se for o caso, oferecer denúncia”. Ao CORREIO, o diretor do Flamengo, Thiago Dantas, informou que o clube vai acionar a Fifa.

Posted by Redação Online 06:53:00. . .

Redação Online 06:53:00. . .