Published On:
Posted by Redação Online

Marcelo Nilo deve apoiar candidatura em Itaberaba na eleição de 2016


No Ponto de Entrevista desta semana, o Jornal da Chapada publica uma entrevista exclusiva com o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), deputado Marcelo Nilo (PDT). O nosso encontro aconteceu no dia 17 de maio, em Boa Vista do Tupim, na Chapada Diamantina, por ocasião da realização da 35ª Festa dos Vaqueiros do município. No bate-papo, Nilo fala da visita ao município onde recebeu votação expressiva no último pleito, do apoio que dá ao prefeito João Durval Passos Trabuco (Gidu do PT), da cultura da região representada pelos vaqueiros, das ações como presidente do Poder Legislativo, do Governo Rui Costa, e da política na região da Chapada Diamantina. O parlamentar estadual ainda aponta a conjuntura política para apoiar um candidato na eleição de 2016 em Itaberaba, considerada a capital da Chapada. Leia e confira.
Jornal da Chapada – Deputado Marcelo Nilo, qual o objetivo da sua visita ao município de Boa Vista do Tupim?
Marcelo Nilo – Estamos aqui atendendo ao convite do prefeito Gidu, para participar da 35ª Festa dos Vaqueiros do município, também sou do interior e adoro festa de vaqueiros, argolinha e cavalgada.
JC – Deputado, qual a importância da Festa dos Vaqueiros para a geração de emprego, renda e turismo?
Nilo – Primeiro porque a Festa dos Vaqueiros é uma tradição do nordestino; segundo que é uma festa turística, onde o povo participa, e terceiro porque é uma festa da cultura, onde você enaltece a festa do interior, principalmente dos municípios localizados no semiárido. Inclusive há um projeto tramitando na Assembleia para tornar a Festa dos Vaqueiros um evento cultural.
JC – Como o senhor avalia o início do Governo de Rui Costa? E o PDT vai permanecer na base de Rui e de Dilma?
Nilo – O governador Rui Costa como gestor, na área administrativa, está muito bem, acima da média do que eu esperava. Na parte política, ele está engatinhando, precisa reforçar a área, na política acho que é o grande problema dele, agora como gestor e administrador ele está muito bem, com grandes dificuldades financeiras, mas vendendo seu peixe com muita determinação. Para você ter uma ideia, ele já visitou mais de 40 municípios em 100 dias de sua administração, por isso, acho que, como gestor e administrador, ele está administrando as dificuldades com muita competência.
Em relação à posição do PDT, posso dizer que, a nível nacional, quem fala é o presidente Carlos Lupi, e, a nível de Estado, todos os cinco deputados estaduais, todos os 45 prefeitos e todos os vereadores querem ficar na base de Dilma, somente o presidente do partido [Félix Mendonça Júnior] quer passar para a oposição. Portanto, o partido quase a unanimidade vai ficar com Rui Costa.
JC – Presidente, quais as próximas pautas a serem debatidas na Alba?
Nilo – Acho que o projeto mais importante é o da Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO). O secretário João Leão nos entregou, já mandamos para Comissão de Constituição e Justiça e para as Comissões Pertinentes, esse será o projeto debatido na Casa. Devo dizer que, este ano, o governador Rui Costa mandou poucos projetos para a Assembleia, e os poucos que foram enviados foram aprovados com algumas modificações, por parte dos deputados que formam a Assembleia Legislativa do Estado.
JC – Presidente, a Casa vai chamar os concursados?
Nilo – Está chamando. De 97 concursados, já chamamos 20, vamos chamar mais 10 agora em setembro. O concurso é para dois anos com prorrogação para mais dois, está dentro da programação, não dá para chamar todos concursados de vez. Já chamamos 20 e até o final do ano vamos chamar mais 20 e, no próximo ano chamar o resto.
JC – Deputado, o senhor teve também uma votação expressiva em Itaberaba, considerada o Portal da Chapada Diamantina. Quem será o candidato de Marcelo em Itaberaba na próxima eleição?
Nilo – Primeiro que, até o momento, ninguém se colocou como candidato, meu candidato será aquele que votou comigo, se dois que votaram em mim forem candidatos eu vou ver quem tem maior visibilidade e maior viabilidade política para que possamos fazer uma escolha. Em Itaberaba, me dou muito bem com o prefeito, procuro me dar bem com as pessoas, independente se elas votaram em mim ou não, me dou muito bem com a primeira dama, com a vice-prefeita. Agora, meu candidato será aquele que votou comigo, independente se ganha, ou se perde.
JC – Deputado obrigado por nos atender mais uma vez, e franqueamos o espaço para o seu recado para a Chapada Diamantina.
Nilo – Quero dizer que, este ano é um ano muito difícil, uma crise política, uma crise moral e uma crise econômica, mas vamos sair dessa crise com muito trabalho. A presidente Dilma está num momento muito difícil, isso gera o desemprego, gera a inflação, gera o aumento do déficit da balança comercial, só sairemos dessa crise com muito trabalho. Espero que o Congresso Nacional, o Senado e a Câmara tenha a grandeza de julgar e votar no que for melhor para o país, e espero que esqueçam as picuinhas partidárias.
Matéria retirada do Jornal da Chapada 

Posted by Redação Online 12:22:00. . .

Redação Online 12:22:00. . .