Published On:
Posted by Redação Online

Homem é acusado de ter sedado e estuprado 100 mulheres em dois anos ao se fingir de médico


Um homem de 54 anos foi preso no Japão suspeito de ter sedado e estuprado cerca de cem mulheres, além de ter filmado todas as ações e lucrado R$ 240 mil com a venda das imagens por dois anos. Hideyuki Noguchi capturava suas vítimas por meio de anúncios na web ou em jornais, dizendo que estava precisando de voluntários para testes clínicos para medir a pressão arterial durante o sono após o consumo de álcool. Segundo a polícia de Chiba, que chefia a investigação, pelo menos 39 vítimas já foram confirmadas. No entanto, há indícios de que o número seja bem maior e chegue aos 100. As vítimas tinham entre 20 e 40 anos, em sua maioria moradores das áreas de Tóquio, Osaka e Chiba.

Posted by Redação Online 13:50:00. . .

Redação Online 13:50:00. . .