Published On:
Posted by Redação Online

Mulher vai visitar tumulo de neto e morre baleada

Mulher de 59 anos foi atingida ao lado do Cemitério do Caju, na calçada.
Célia Maria estaria indo visitar o túmulo do neto que morreu há um ano.



Uma mulher foi baleada e morreu em meio a uma troca de tiros durante perseguição policial na tarde desta segunda-feira (1) no Caju, Rio. Célia Maria Santos Peixoto, de 59 anos, estava na calçada do Cemitário do Caju, onde foi visitar o túmulo do neto, morto atropelado há um ano, quando foi atingida. Um suspeito também foi baleado e morreu na Avenida Brasil.
Familiares estavam revoltados no local por volta das 16h30. A filha de Célia mostrava indignação com o comportamento da Polícia Militar durante a ação. "Eles fazem isso porque não é o filho deles que estava no meio", gritava a filha, ao lado do corpo da mãe.
Segundo a Coordenadoria de Polícia Pacificadora, policiais da UPP Caju foram abordar um veículo suspeito, nas proximidades do crematório do Caju, quando os ocupantes do carro atiraram contra os policiais. Os agentes revidaram e os criminosos fugiram em direção à Avenida Brasil. Os agentes da UPP registraram a ocorrência na 17ª DP (São Cristóvão).

Um homem, identificado como Cláudio M. da Silva, de 42 anos, também foi baleado durante a perseguição. Ele foi socorrido pelos Bombeiros do quartel Caju e encaminhado para o Hospital Municipal Souza Aguiar. Com a troca de tiros, o comércio estaria fechando as portas na região.

Posted by Redação Online 11:25:00. . .

Redação Online 11:25:00. . .